domingo, 31 de maio de 2015

Por um novo momento

Eu sou uma pessoa que gosta de novidades, mas, apesar disso, tenho medo delas. Costumo dizer que toda novidade costuma ser legal, e isso é verdade, mas não posso negar que toda e qualquer novidade me deixa um tanto medrosa - e isso vai desde visitar uma cidade onde nunca fui até passar em uma rua que nunca passei. Tenho mania de tensionar meus momentos mais simples.


Estive reparando o meu comportamento e notei que, ultimamente, estou fechando meu mundo até o muro das minhas limitações. Sabe, é como se eu estivesse evitando algumas situações simplesmente por ter medo delas. E isso não é algo que começou do dia pra noite. Pelo contrário, começou naquela aula em que eu tinha uma dúvida, mas preferi não perguntar. Ou talvez em uma das muitas vezes que pensei, mas não falei. Talvez isso tenha se intensificado quando eu queria dizer sim, mas era mais fácil dizer não.

Lembro-me de uma fase da minha vida em que eu conseguia me superar - eu falava o que sentia, fazia o que queria e não me sentia presa nos meus próprios medos. Mas, sabe, os comentários de algumas pessoas, muitas vezes nada agradáveis, foram me fazendo limitar minhas ações, aos poucos. E de uma forma muito gradual cheguei a este ponto onde estou agora - ponto de incômodo, diga-se de passagem.

E já vou logo dizendo que não quero estar aqui, não quero continuar vivendo assim, não quero mais continuar onde estou. É hora de mudar, é hora de crescer. É hora de andar por aí de queixo erguido, certa de quem sou e de onde quero chegar. Não sei se estão me entendendo, mas é só um desabafo. É só pra dizer pra mim mesma que não dá pra continuar na minha mesmice. O tempo está passando e levando meus sonhos junto com ele, e eu preciso mudar. Mudar por um novo momento, por uma vida mais feliz.

12 comentários:

  1. Sabe, eu me sinto assim sempre x.x
    Medo, medo, medo D:
    Só que eu vi que estava deixando as coisas passarem e esse tempo não pode mais voltar atrás, assim resolvi que muitas das coisas eu iria fazer mesmo com medo..
    Claro, nem tudo eu simplesmente encaro, mas no geral eu vou com medo mesmo.. Isso me fez mais forte ^^
    E o medo? Continua intocado niahahah no entanto o maior deles é de ficar sozinha (tipo: até mesmo em casa) então, para fugir de um medo maior eu tive que suportar outros xD
    Boa sorte! "
    diariodelolivlet.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada por comentar! =]
      Eu fico realmente curiosa sobre o que fazer com o medo - devemos vencê-lo ou aprender a conviver com ele?

      Excluir
  2. "É hora de mudar, é hora de crescer."
    É isso aí, tâmo junto ;) haha
    Bjss

    http://www.estrelaminha.com/

    ResponderExcluir
  3. Olá Glenda, tudo bem?
    É normal se sentir assim, todo mundo passa por isso na vida. São fases! Sempre levo comigo aquela frase 'Tudo passa'..
    Um grande beijo,

    www.bagagememaquiagem.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Cris!
      Sei que é fase e sei que passa!
      Que bom que as coisas são assim, né? As mudanças são sempre necessárias.

      Excluir
  4. Tudo é fase, sabe? Mas ainda bem que os conselhos que eu ia te dar, você mesma se deu no final.
    Não se esqueça de quem você é, mas não tenha medo de mudar, de arriscar, de tropeçar no meio do caminho. ;)

    Beijos,
    www.miragemreal.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Haha! Juro que nem percebi, Carol!
      Estou começando a me acostumar com essa ideia de fazer uma mudança geral! =]

      Excluir
  5. Ás vezes me sinto assim, mas tem horas que precisamos mesmo AGIR, não só refletir, né?

    beijoo,
    Dressa
    Blog Dress

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente isso, Andressa!
      Tenho mania de pensar demais e não fazer nada! =/

      Excluir
  6. O primeiro passo é reconhecer, o segundo só depende de você.
    Ninguém vai viver sua vida, seja você mesma e esquece o que os outros vão pensar, falar..

    Caso esse sentimento se intensificar, sugiro que você procure uma psicologa, não é vergonhoso procurar, eu mesma procurei e foi ótimo pra mim!

    Grande abraço

    www.bagagememaquiagem.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, Cris, eu já pensei em pedir ajuda, mas agora parece que as coisas estão se ajeitando!
      E é bem isso que você disse, definir quais mudanças são realmente necessárias pra mim e definir quem sou sem me preocupar com a opinião alheia! =]

      Excluir

Sua opinião será sempre bem vinda *--*