quarta-feira, 17 de setembro de 2014

É que às vezes me perco

Pois bem, fiquei pensando em uma palavra pra descrever o que anda acontecendo comigo nos últimos dias, e então, escolhi a palavra perdida. Claro, não leve isso tão ao pé da letra, até mesmo porque o verbo "perder" pode ter diversos significados, e eu, como sempre, vou preferir usá-lo metaforicamente.


A verdade é que, ultimamente, pareço estar vivendo em outro mundo. Sim, algumas mudanças causam um certo estranhamento na gente - ainda que sejam boas. Digo isso porque a minha vida já não parece mais a minha vida, sabe, tenho medo de estar perdendo a minha essência junto com as horas de sono não dormidas.

Talvez esse seja um problema de escrita. Faz sentido achar que já me tornei dependente das minhas crônicas e, bem, já faz semanas que não escrevo (por falta de tempo, okay?). Ou talvez esse seja um problema maior do que parece, porque eu sinto diversas áreas da minha vida fora de rumo. Isso é esquisito.

Sei lá, me parece que ainda não consegui conciliar essas mudanças com o meu jeito de viver. Parece que enquanto me concentro no que é necessário, aquilo que é essencial vai se perdendo, sabe, eu queria cuidar mais de mim. Claro, isto não significa que estou me embarangando, significa que não estou dando conta de cuidar dos meus tantos pensamentos, sentimentos e tudo aquilo que precisa ser escrito pra se organizar dentro de mim. Dá pra entender?

Enfim, sei que preciso dar um jeito em tudo, arrumar essa bagunça, ou comprar uma bússola. Mas um fato é que eu nunca sei o que fazer pra colocar tudo no lugar. É como um quarto tão bagunçado que mal sabemos por onde começar a arrumá-lo (só pra constar, mal sei o que é isso, porque meu quarto é super organizado!).

Tudo bem, vamos em frente. Hoje, antes de dormir, vou pensar em maneiras de recuperar minha essência. E bem, talvez isso não seja tão complicado assim, pois aquela frase já dizia que "às vezes é preciso se perder pra se encontrar". É, talvez eu me encontre. Concordam?

10 comentários:

  1. Gleeeenda, saudade de tu e de me encantar com tuas palavras.
    Ultimamente tô assim também, muitas vezes me sentindo perdida, sem saber como achar a pessoa que eu realmente sou.

    http://iasmincruz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh, Iasmin, obrigada! =]
      Isso é bem complicado, né? Parece que a correria nos faz esquecer quem somos.

      Excluir
  2. Olá Glenda!
    Quando estiver se sentindo assim, pare tudo que está fazendo e vá tomar um pouco de ar puro, fique sozinha, pense no que é possível, seus objetivos, as coisas que você gosta, em quem você é. Procure soluções sem pressão. Ouça uma música que goste e que as coisas vão fluir naturalmente.
    Espero que se encontre e fique feliz :)

    Um beijo. Gostei muito de seu blog, viu <3
    http://desconstruindoocaos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Andressa, tudo bem?
      Super obrigada pelos conselhos, gostei bastante do que você disse! Sabe, parece que agora as coisas estão realmente voltando pro lugar!
      E ah, seja bem vinda! =]

      Excluir
  3. Bem, sempre gosto de dar uma caminhada sozinha pelo quarteirão e pensar no que está me incomodando na vida quando me sinto perdida. Geralmente ajuda a pôr as idéias no lugar. Enfim, boa sorte com todas as coisas que você está precisando lidar no momento :)

    thoughts-little-princess.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Flávia! =]
      Sua ideia é boa mesmo. Gosto de caminhar sozinha, geralmente ouvindo música, às vezes, até mesmo dentro do ônibus da pra pensar e repensar na vida, não é?

      Excluir
  4. hoje eu estava organizando e pensando em algo parecido com isso,parece que perdi o rumo,as redeas da minha vida,parece que tem um vazio em mim,sei lá é meio estranho isso,também preciso me encontrar.Estou pedindo pra Deus preencher essa lacuna.Bjo!
    Blog Mulher Unika

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Grazi, é uma situação meio chata. A nossa rotina nos faz esquecer os detalhes da vida. Temos que orar para reencontrar essa essência.

      Excluir
  5. Olá!
    Eu te entendo, fases assim acontecem, mas a gente sempre sai mais forte depois delas, nos encontramos e nos conhecemos mais.
    petalasdeliberdade.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maria! Seja bem vinda! =]
      Obrigada por comentar! Eu espero que eu realmente saia mais forte e mais vivida dessa fase ruim.

      Excluir

Sua opinião será sempre bem vinda *--*