segunda-feira, 7 de julho de 2014

Eu realmente não preciso do amor?

Pois é, em mais de dois anos e meio de blogueira, nunca contei uma coisa pra vocês, mas hoje vou contar. Vou confessar que o período de férias sempre acaba com a minha inspiração.


Daí você pode acabar pensando que eu não faço nada nas férias (ou fico só o dia inteiro no computador). Mas, não é bem isso. Trabalho todos os dias e tenho uma listinha com várias ideias de posts, o problema é que não estou conseguindo colocar no papel. Isso sim é um grande problema.

Mas, então, o que é que isso tem a ver com as férias? Não sei. Talvez o fato de ver pessoas diferentes no ônibus me inspire de algum jeito. Ou, quem sabe, a vontade de rever os meus amigos me desanime pra escrever... Mas eu acho mesmo que é a falta das minhas aulas de música que está desfalcando a minha inspiração.

No fim, toda blogueira sabe de uma coisa que inspira de verdade - é o amor! Seja amando ou desiludida, parece que a inspiração nos incomoda de uma maneira que não há sossego enquanto não escrevermos tudo. Bem, todo mundo sabe que eu sou a "defensora da solteirice" em pessoa, e se tem algo que me causa alergia é pensar em relacionamentos. E isso me fez lembrar de uma coisa - eu realmente não preciso do amor?

Agora lascou. Se eu depender do amor pra escrever, já vi que vou ficar longos anos sem blogar (exageros à parte)! Okay. Estou muito desmotivada, vou tentar me animar. Aliás, algo me diz que esse sábado vai ser o melhor dia da minha vida, e semana que vem minhas aulas de música estão de volta! <3

Então, querida inspiração, seja como for que você aparece, venha logo! Porque eu já estou cansada de fritar meus neurônios por sua causa.

13 comentários:

  1. Engraçado como somos tão opostas né Glenda? rs Adoro isso! Aprendo muito com você (enquanto você deve me achar uma louca!).
    Eu sei que realmente preciso de amor, já cansei de falar isso. É sobre o que sei escrever, é sobre o que AMO escrever. E seja apaixonada, feliz, desiludida, decepcionada, enfim, eu preciso de alguma emoção dessas para me inspirar (ainda que eu escreva, geralmente, o contrário da minha realidade).
    Enfim, mas eu acredito que inspiração é algo diferente em cada pessoa. A gente pode se inspirar com tantas coisas! Eu mesma me inspiro facilmente com pessoas e suas histórias. Então, não se desespere e pode continuar cultivando a sua solterice!! Porque daqui a pouca sua inspiração volta com tudo =)
    E eu juro que fiquei curiosa sobre o seu sábado hehehehe

    Beijos,
    www.miragemreal.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falou bastante, Carol, mas não tem problema não! Gosto de comentários grandes!
      Bem, só pra constar, eu não te acho louca! Pelo contrário, admiro essa sua "coragem" e a maneira como se rende ao amor!
      E a inspiração realmente é diferente pra cada um. Eu mesma nunca consegui escrever um texto que não tivesse uma pontinha de mim, sabe? Não sei inventar contos sem me colocar no meio...
      Mas enfim, espero que a bendita inspiração realmente volte e pode deixar que vou cultivar minha solteirice!
      E ah, sobre o sábado, é que vai ter um evento bem legal em minha cidade, sabe, vou poder rever amigos e cantar bastante! Hahaha! Vai ser muito bom!
      Beijo! =]

      Excluir
  2. Nossa eu tbm fico sem inspiraçao quando nao saio pra lugar nenhum,todos precisamos de amor e o que motiva a viver.Bjo!
    www.mulherunika.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Grazi, ficar muito em casa me causa uma súbita falta de inspiração. Acho que o simples fato de rever os amigos me dá a emoção que eu preciso pra escrever!

      Excluir
  3. Eu sou o contrário de você, quando estou de férias, tenho inúmeras idéias legais para meu blog, anoto tudo e organizo para postar na volta às aulas!

    Amei seu blog, estou te seguindo no TT, espero que possa retribuir, o meu é @julycarvalho15

    Beijoos!

    bloggarotaunica.blogspot.com.br

    www.youtube.com/GarotaUnicaBlog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que é assim contigo, Monique! Porque, sei lá, parece que quando estou de férias a minha vida pára, e fica meio difícil de escrever, não dá pra explicar. =/
      Obrigada pela visita, querida, logo retribuo! =]

      Excluir
  4. Realmente inspiração é uma coisa meio incontrolável, eu tenho picos dela kk ás vezes tenho idéias para mais de 40 posts em menos de uma semana, e após isso fico sem idéias por até uns dois meses. O bom é que quando tenho ideias aproveito para escrever o máximo que posso e depois vou postando aos poucos até esperar a inspiração voltar Rs
    Mas penso que realmente o que causa inspiração é quando temos algo que nos deixa muito empolgados, e pode ser amor ou qualquer outra coisa ou idéia, ou algo que nos deixa abatidos(as) e pra baixo e dai vomitamos no papel essa sensação de tristeza. Para mim, um jeito de forçar a inspiração é "fabricar" esses sentimentos com música. Dá para ficar triste ou alegre quase que instantaneamente dependendo da música que se ouça.

    Thoughts-little-princess.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha! É exatamente isso, Flávia! Por vezes tenho zilhões de ideias de posts em uns 3 dias. Mas depois fico longas semanas sem saber o que postar. =/
      E gostei da sua "teoria da empolgação", faz muito sentido! E acho que é bem isso que acontece comigo, sabe, as férias são uma monotonia total pra mim, fica difícil me empolgar e, consequentemente, escrever.
      Mas vou seguir seu conselho e ouvir muita música agora! =]

      Excluir
  5. Ué, use o amor que você tem por sua familia, por seus amigos e etc. Não precisa ser um amor desse tipo (relacionamento). Use esse tipo de sentimento que você tem pelas pessoas que são importantes para sua vida, para te inspirar ^^

    David - Leitor Compulsivo (www.leitorcompulsivo.com)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, David, o amor por Deus, pela família e amigos são meio que um combustível pra mim todos os dias, sabe, são meio que a minha força. Mas existe uma pequena diferença entre isso e inspiração. De fato, sei que milhares de coisas nos inspiram, mas usei o "amor" porque ele é como uma inspiração imediata dentro da gente.
      Agora, vou buscar a inspiração em todos os lugares que eu tocar, realmente não está nos meus planos esperar por alguém pra voltar a escrever. Mas, de qualquer forma, valeu o conselho! =]

      Excluir
  6. Te entendo perfeitamente! As minhas aulas de desenho fazem muita falta, tanto que nessas férias estou investindo em mais aulas por semana, ainda bem que deram um desconto! Se vc ama música, fique sempre em contato mesmo que fora da escola... (conheci seu blog agr, então nem sei mto da sua vida rs)

    Gostei mto do seu jeito sincero e simples de escrever, tb amo escrever e ler etc..

    Também estou em transição capilar, está quase no fim, e pra te dar uma força te indico dois óleos: o de coco natural e o de rícino (diz que é o de mamona, só muda o nome), são santos pro cabelinho cacheado! O óleo de coco ajuda a crescer, eu sou tããão viciada que coloco até no condicionador, o que segura aquele dia sem hidratação ><*
    E olha, sem preconceitos, um relaxamento bem leve na raiz só pra segurar uns 3 meses até perder a validade não me matou nessa transição, sobra resíduo na ponta? Sobra, pra mim nada de mais, e achei que valeu a pena.

    Bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lívia! Obrigada por comentar e seja bem vinda! =]
      Bem, eu faço aulas de música e estava de férias, isso me deixou um tanto desanimada, sabe? Senti falta de verdade! Mas agora estou voltando com as aulas e minha vida já está voltando ao normal!
      Sobre a transição, eu estou louca atrás de um óleo de coco, mas não consigo achar. Meu cabelo está tipo meio a meio, sabe? Metade liso e metade cacheado. O bom, é que a estrutura dele é lisa, quando lavo faz uns cachinhos e depois desmancham, o problema é só o volume, mas sabe que já estou até me acostumando com ele?
      E que bom que a sua transição já está acabando! Boa sorte! =]

      Excluir

Sua opinião será sempre bem vinda *--*