sexta-feira, 9 de maio de 2014

Minha nova rotina

Como o prometido, cá estou eu para falar sobre o meu primeiro emprego! Hahaha! Senti vontade de contar pra vocês porque isso tem sido uma experiência ótima pra mim, já aprendi diversas coisas...


Bem, tudo começou quando uma amiga da família me convidou para cuidar dos seus filhinhos! A princípio, eu realmente não queria aceitar - porque eu nunca soube cuidar de crianças! -, mas senti que ela realmente precisava de ajuda e eu era sua única opção, então aceitei e dei início ao meu primeiro emprego!

Nesse tempinho que estou trabalhado já deu pra perceber milhares de coisas sobre o universo infantil. Por mais que eles briguem muito, em questão de segundos já estão se abraçando! Isso é o que mais me encanta nas crianças - inocência! Também aprendi que as crianças têm os adultos como seu ponto de referência - quando crescerem, serão espelho da criação que tiveram.

Além disso, aprendi a organizar horários, ter um tom autoridade necessário e, principalmente, aprendi que a vida de uma mulher não é nada fácil! De verdade, eu não estou pronta pra ser mãe e acho que vou demorar longos anos pra me preparar para isso!

No fim, sei que está sendo uma experiência maravilhosa - melhor do que eu imaginava! De fato, ser babá não estava nos meus planos, mas fui abençoada com essa oportunidade e isso me fez crescer bastante! Agora, posso dizer que já sei cuidar de crianças - mais um item pra ser riscado do projeto 101 em 1001!

10 comentários:

  1. Que bom que está gostando. Eu nunca seria babá por falta de paciência, mas tenho uma prima de 5 anos que fica sempre comigo e dou uma de babá, mas só ela mesmo.

    www.iasmincruz.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Iasmin, eu também achava que não tinha paciência pra cuidar de crianças, mas descobri que eu tenho sim!
      E quando são parentes, realmente não dá pra fugir! =]

      Excluir
  2. Q bom q está gostando,eu sempre cuidei de crianças desde os 14 anos e agora tenho o meu filho,foi muito bom ter passado por experiencias com outras crianças pq agora sei como lidar com ele.Muitos bjos,seu blog é uma gracinha.Me faça uma visita!
    www.mulherunika.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom! Essa experiência deve ajudar muito num futuro com filhos! Haha!
      Obrigada pela visita, logo retribuo! =]

      Excluir
  3. Ahhhh que amorrrr Glenda!!!
    AMO AMO CRIANÇAS! Dou aula de catequese e eles são meus amores, são tão ingênuas, boas, puras!
    Muito legal essa sua experiência, de verdade! Aproveita =)

    Beijos,
    www.miragemreal.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É realmente muito bom, Carol!
      Gosto de ver a maneira pura como as crianças enxergam o mundo! E nem preciso dizer como me derreto quando ficam mexendo no meu cabelo! =]
      Vou aproveitar muito!

      Excluir
  4. Adoro crianças mas não tenho jeito para ser autoritária com elas, fico com pena muito facilmente, acho que não daria uma boa babá.

    Thoughts-little-princess.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu pensava exatamente a mesma coisa, Flávia! Mas descobri que ser autoritária não significa ser ruim! Eles me respeitam, então não preciso aumentar meu tom pra que eles me obedeçam. Isso é demais! =]

      Excluir
  5. Dá muito trabalho mesmo! Já trabalhei de baba e sei como é! Tem horas que a gente só tem vontade de gritar, ainda mais qndo a criança é pirracenta!
    bjocas
    www.curiosajuh.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É assim mesmo, Juh! Tem dias que são maravilhosos, mas tem outros dias que são bem difíceis!
      Obrigada pela visita! =]

      Excluir

Sua opinião será sempre bem vinda *--*