quinta-feira, 24 de outubro de 2013

O caminho que escolhi

Talvez eu tenha voado demais nos últimos dias. Talvez eu tenha me perdido outra vez por imaginar demais. É, acredito que foi assim. Mas eu voltei. Voltei pra mim.


E quando eu finalmente recobrei meus juízos, acabei descobrindo que já estou pronta. Estou pronta pra ouvir todas aquelas palavras que já espero há mais de um mês. Eu lhe digo que estou pronta, porque já tenho a minha resposta. Então, meu querido, pode falar.

Sabe, quando a gente esfria a cabeça pra pensar, parece que as coisas ficam tão claras. E eu fico por entender onde eu estava com a cabeça quando fui tão longe. É hora de arrumar essa bagunça, de colocar os pingos nos is. Então, meu querido, venho te dizer que eu já tenho a resposta para suas palavras – apesar de ainda não serem ditas, eu já sei muito bem quais serão – e saiba que a minha resposta é “não”!

Nós somos muito diferentes. E você é complicado. Complicado do tipo que não mediria esforços para me moldar até que eu me tornasse a garota perfeita segundo o seu “manual de instruções”. Mas saiba que eu também tenho valores, e eu teria de passar por cima de muitas regras minhas pra que tudo desse certo, ou melhor, pra que a resposta fosse “sim”.

Então, meu querido, lembre-se que você é jovem demais para amar – e isso não tem a ver com idade, tem a ver com maturidade, porque você tenta ser alguém que não é, só pra impressionar.

E antes que isso aqui vire mais uma tragédia nos meus capítulos, eu acho que é hora de colocar um ponto final. Então, meu querido, vá viver. Eu desisti pro nosso bem. Talvez, no futuro, você volte a me procurar. Mas só faça isso quando tiver certeza de que aprendeu a amar.

4 comentários:

  1. Ah adooooro textos assim! AMOR-PRÓPRIO SEMPRE =)
    Você em primeiro lugar sempre!!

    Beijos,
    www.miragemreal.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amor próprio sempre! Nunca passe por cima de seus valores por causa de alguém.

      Excluir
  2. Que lindo, o amor próprio deve está acima de tudo.
    E só está junto quando a outra pessoa sabe o que é amar.

    www.iasmincruz.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo, Iasmin, não dá pra trocar o amor próprio por alguém.

      Excluir

Sua opinião será sempre bem vinda *--*