sábado, 7 de setembro de 2013

Minha história com os produtos tresemmé

Olá, como vão vocês?
Eu vou apenas lamentando pelo feriado no dia de sábado. =/

Bem, hoje venho trazer mais um post para o #ProjetoRapunzel. Vou falar da minha longa e dramática história com os produtos tresemmé...


Tudo começou no início de 2012. Foi quando eu resolvi testar bons produtos no meu cabelo – logo após meu primeiro tratamento de química nos cabelos...
Testei pantene e gostei. Testei elseve e não gostei. Testei tresemmé e gostei bastante. E então usei pantene mais uma vez e decidi que o melhor era tresemmé.

Ok. Fiquei pouco mais de um ano usando somente os produtos tresemmé. Eu sempre achei que era o único que domava o volume dos meus cabelos. Eu amava o creme de hidratação e toda a linha – Reconstrução e Força, minha favorita – era suficiente para deixar meu cabelo comportado, além do preço ser bem acessível.

Porém, alguns meses atrás, comecei a perceber que meu cabelo estava ficando muito danificado. Isso me deixou curiosa, até porque eu fazia/faço hidratação em casa toda semana, uso ampolas de tratamento e evito ao máximo fazer escova, chapinha, baby liss... Meu cabelo estava caindo/quebrando demais e muito ressecado, então corri pro salão e conversei com minha cabeleireira.

Ela me explicou que todo esse dano foi resultado da química, da exposição ao sol, cloro de piscina, etc – lá do começo do ano. Eu não hidratei como devia e o cabelo enfraqueceu.

Ela também me perguntou qual linha de produtos eu estava usando, e quando eu disse “tresemmé” ela recomendou que eu trocasse imediatamente de shampoo – ela me explicou que os produtos da tresemmé (principalmente o shampoo) afinam os fios do cabelo, esses produtos estavam afinando minhas pontas e deixando aquele aspecto horrível de palha. E eu percebi isso de verdade quando precisei cortar 4 dedos do meu cabelo porque as pontas estavam finas demais. =/

Bem, no final das contas aprendi duas coisas: primeiro, que tresemmé afina os cabelos. Talvez isso seja bom pra alguns tipos de cabelo, mas pro meu com certeza isso é ruim. Apesar de eu tirar as pontas do meu cabelo de dois em dois meses, nesse dia precisei cortar uma parte maior porque estava muito seco; e em segundo, aprendi que hidratações caseiras são importantes, mas é preciso hidratar os cabelos no salão de tempos em tempos, pois uma hidratação mais intensa melhora muito a saúde do cabelo.

Espero que tenham gostado do post, bom domingo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião será sempre bem vinda *--*