segunda-feira, 22 de abril de 2013

Uma Semana - Parte 11 (Final)

Henrique tinha convidado Aline pra sair. Ela, confusa, preferiu recusar. Henrique ficou surpreso, não esperava que ela fosse recusar, e perguntou o porquê desse não.
- Porque você não quer sair comigo? Eu fiz alguma coisa errada?
- Não... – Aline respirou fundo e decidiu abrir o jogo – Olha, Henrique, eu preciso te falar uma coisa.
Naquele momento Henrique sentiu que ela fosse negar seu pedido de namoro, mas não.
- Eu não sei se vou aceitar seu pedido. – continuou ela – Na verdade, eu estou dividida. Antes de conhecer você eu já estava saindo com um amigo meu, e vocês dois me pediram em namoro quase que ao mesmo tempo... E eu preciso pensar um pouco pra decidir de quem eu gosto mais...
-... Ah, então foi por isso que você ainda não aceitou... Tudo bem, pense bem. Mas não se esqueça de tudo o que a gente passou. – disse Henrique, numa tristeza de dar dó. Ele não conseguiu esconder sua frustração. Aline ficou triste pela reação dele, e decidiu abrir o jogo com o Pedro também, talvez isso a ajudasse a decidir.

Ligou para o Pedro. Logo ele ficou todo felizão, talvez agora ela dissesse sim. Mas quando atendeu o telefone, percebeu um tom triste na voz de Aline, ficou preocupado.
- Pedro, eu preciso te falar uma coisa.
- Pode falar... – disse ele, com medo que a resposta fosse não.
- Sabe, você me surpreendeu. Você era meu amigo e eu não achei que pudesse acontecer algo a mais, você me provou que sim. Mas tenho que te contar, que quando eu tava começando a digerir esse sentimento por você, apareceu outro homem na minha vida. E ele se aproximou de mim tão rápido e de uma maneira tão diferente, que me deixou confusa, e eu já não sei com quem eu devo ficar... Por isso que eu ainda não te dei uma resposta.
- Eu imaginei que fosse isso. Pelo que eu te conheço, sabia que você aceitaria na hora qualquer pedido desse tipo. – disse Pedro com convicção, mas um pouco frustrado. – Mas você já decidiu?
-Ainda não, mas preferi te contar tudo logo...
- Então tá, pode se decidir. Mas saiba que eu não vou desistir de você, depois de tantos anos vivendo ao seu lado... Tudo bem, talvez eu não seja o cara romântico que você tanto procura. Talvez eu não saiba como te mandar flores. Talvez eu não seja igual ao cara da música do Roberto Carlos. Mas eu sei muita coisa sobre você, Aline, que poucos sabem. E durante esse tempo todo eu estive ao seu lado, agora eu vou até o fim!

Nossa, o Pedro pode não ser romântico, mas ele sabe muito bem como tirar as palavras de uma mulher. E tudo o que ele disse era verdade. Aline desligou o telefone e ficou a pensar: por mais que o Henrique fosse o homem perfeito, o Pedro conseguia fazê-la sorrir como ninguém, ele a conhecia muito bem e sempre esteve ao seu lado. Por mais que o Pedro não mandasse flores, ele sabia demonstrar de outras formas que gostava dela.
Aline se decidiu: por mais que o Henrique fosse o homem perfeito pra ela, o Pedro era o homem certo pra ela. Depois de se dar conta disso, ela saiu na chuva: o destino era a casa de Pedro. Foi até lá dizer sim, mas não precisou. Quando Pedro abriu a porta e viu Aline sorrindo na chuva, pôde perceber que a resposta era sim. E todos aqueles anos de amizade valeram muito à pena. Vamos fechar a história com um beijo? Que tal na chuva?
FIM

4 comentários:

  1. Oi, tudo bem?
    Então, ainda há a vaga.
    Você pode me mandar um post para meu email: MINECRUZSOUZA@HOTMAIL.COM.

    Esse post é pra mim ver seu estilo de postagem, aguardo.

    http://iasmincruz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Ain, amei a webserie! Desculpe por não ter vindo comentar aqui antes... Eu gostei da maneira que a situação se desenvolveu, rs. E olha só... Ficou com o Pedro :)
    Amei de verdade, Glenda!
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, Karen!
      Fico feliz de verdade por saber que consegui encantar alguém com minhas palavras =]

      Beijo, saudades =/

      Excluir

Sua opinião será sempre bem vinda *--*