sábado, 9 de fevereiro de 2013

Sinto falta...

Sinto falta de emoções, de sentimentos. Sinto falta das pessoas. Sim, eu admito. Sinto falta daqueles que por inúmeras vezes fizeram meu coração disparar. Por mais que não tenha dado certo, fico feliz pelas lembranças. Eles já me fizeram sentir mais viva.

Sinto falta das tardes de sol. Claro, “tardes de sol”, porque todos os dias faz sol por aqui, mas quero dizer que foram tardes mais alegres.

Sinto falta das brincadeiras com as amigas. E de como era legal e engraçado xigar umas às outras com apelidos baixos.

Sinto falta dos sábados à noite com a família. E dos domingos de futebol e fazer unhas.

Sinto falta de muita coisa que já não acontece mais. Talvez sejam as férias que estão me deixando um pouco neurótica. Mas sei que muitas coisas mudaram. Principalmente falando de sentimentos. Eu estou livre como nunca, mas juro que queria estar presa...

...Hoje, enquanto eu brincava de ser “namoradeira de janela” na casa nova, te vi passando rápido pela rua, pegando sua bicicleta e indo embora. Eu sorri, mas meu coração não disparou. Que pena? Talvez. Há dias eu não te via, pra ser mais sincera, desde o último dia de aula que eu fui pegar meu boletim e vi você por lá, no seu último dia do seu último ano de escola...

Pois é, agora é ir. Ir vivendo até as coisas acontecerem. Nem sei mais o que pensar. Nem sei mais o que escrever. Talvez seja melhor parar por aqui.

2 comentários:

  1. Glenda, primeiramente peço-te mil desculpas pela demora para responder a tag, mas eu estou passando para dizer que finalmente respondi.

    Beijos.

    http://luzia-medeiros.blogspot.com.br/2013/02/tag-para-aproximar-os-blogueiros.html

    ResponderExcluir

Sua opinião será sempre bem vinda *--*