segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Esse nosso orgulho...

Eu odeio esse orgulho, porque eu sei as coisas podiam ser diferentes se entre a gente tivesse menos teimosia.
Olha, eu vou te mandar a real, eu queria muito que tudo terminasse bem, aliás, que pelo menos começasse. Eu tenho medo de que a nossa história termine mal igual às outras minhas: dramáticas, sem explicações, sem amor.

Por vezes eu tentei largar essa minha marra e te falar tudo o que eu queria, mas sabe, eu não consigo. Me irrito comigo mesma por saber que não sou capaz de assumir um sentimento, só por orgulho. Mas você também não ajuda, fica aí, na mesma que eu.

Eu sei que esse nosso orgulho pode acabar com tudo, mas eu não sei o que fazer. Pode parecer idiota, aliás, isso com certeza é idiota, mas é difícil pra mim. Só quem já passou por isso sabe o que eu quero dizer.

No fim das contas, as coisas não estão bem. A minha voz trava na hora de falar com você. E quando você me olha com essa sua cara de despreocupado – que eu adoro – eu acabo transformando tudo em raiva e tento fingir que não me importo. Mas eu me importo, me importo muito, só não sei demonstrar.

4 comentários:

  1. Isso foi para mim. Só.
    Os teus textos mexem comigo, guria, de verdade...
    Beijo,
    Crashed

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, que bom que você gostou! Adoro quando as leitoras se identificam *--*

      Excluir
  2. O orgulho as vezes nos impedi de viver tanta coisa, sou muito orgulhosa e sei disso. Amei.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, sei que ando perdendo tempo, mas meu orgulho não me deixa assumir muitas coisas...

      Excluir

Sua opinião será sempre bem vinda *--*