domingo, 14 de outubro de 2012

Sinto falta

Não há como negar que eu ainda não me acostumei com minha nova rotina. Acho que ando muito preguiçosa ultimamente. Mas passei a me preocupar de verdade com isso, porque eu sei que muita coisa boa na minha vida está ficando pra trás.

Sabe quando a gente é criança e gosta de ficar olhando o retrovisor do carro só pra ver as coisas se afastando? Pois é, me sinto assim, mas claro, tirando a parte do gostar. Eu percebo que estou perdendo histórias e isso, ao contrário de gostar, me deixa muito triste, aflita.

Já não estou postando direito no meu blog e essa é minha maior preocupação. Sabe, meu blog é parte da minha vida sim, se existir “vida sentimental” eu posso dizer que meu blog é o cérebro dessa vida, pois é ele que organiza meus sentimentos e me encaminha pro lado certo. Não vivo mais sem esse espaço. Não mesmo.

Eu sinto falta disso e de tantas outras coisas. Já não tenho mais tempo pra ouvir aquele CD do Nickelback que eu gosto tanto, ou até mesmo ouvir as novas músicas da Taylor Swift. Eu achei que poderia resolver minhas confusões internas com sms’s e pensamentos que ficam na minha cabeça o dia inteiro. Mas não dá. Eu preciso escrever, eu preciso ouvir música – daquelas mais antigas que marcaram mesmo, e causam arrepios quando ouço – eu sinto falta da grandiosidade que esses detalhes acrescentam na minha vida. Parece que sem isso eu não sou eu.

Eu sei que eu preciso melhorar, preciso arrumar essa bagunça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião será sempre bem vinda *--*