sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Fazer acontecer

Vou confessar uma coisa: sempre tive medo de viver. Eu nunca tive coragem de me arriscar, mexer com o perigo, me jogar por inteira em alguma coisa, só porque eu tinha medo de sofrer, aliás, acho que nem é tanto isso, acho que era medo do que os outros iam pensar de mim.

Olhando pra trás, eu consigo perceber muita coisa que perdi só por esse medo de viver. Ok, bola pra frente, aliás, viver do passado é perder muito tempo do agora.

E no meio de tantos pensamentos, eu tive pensando em algo (alguém) que está chegando na minha vida aos poucos e eu nem tinha percebido, talvez eu achasse que não era nada de mais.

Sabe aquela pessoa que você vê todos os dias e sabe que existe alguma coisa diferente entre vocês, mas não consegue entender o que é?
Eu odeio encontrar essa pessoa todos os dias no caminho da escola, mas eu odeio ainda mais quando ele não vai. Eu odeio saber que já perdi tempo demais pensando nele, e odeio ainda mais saber que um sorriso aparece em mim sempre que ele está perto.

Passei a me questionar. Por que ele falou aquelas coisas? Por que ele me olha tão diferente? Por que ele fica todos os dias no corredor esperando eu passar? Mas por que ele não fala comigo? Por que ele tem que parecer tão indiferente e fingir que não se importa?
E eu? Por que eu odeio ele tanto? Por que eu estou me fazendo tantas perguntas?

Estou disposta a descobrir. Eu ia colocar no título desse texto “deixar acontecer”, mas não. Descobri que as coisas não simplesmente acontecem, é preciso fazer acontecer. Estou disposta a viver agora, cansei de assistir a vida passar e me deixar pra trás. Estou disposta a fazer as coisas acontecerem pra descobrir a resposta de muitas coisas pra mim, só me resta descobrir como fazer isso...

2 comentários:

  1. Parabéns pra você que deixou de se importar com o que as pessoas iam pensar de você e começou a viver, já pra mim, não não posso desejar o mesmo, vivo sempre com o medo enorme de errar, de ser julgada e criticada, não consigo mudar não consigo viver bem...
    E em relação a um certo garoto, tudo piora, não entendo o porque de ser assim. Somos diferentes um para o outro, mais sei que entre nos existe algo forte. Sempre percebo ele olhando pra mim, e de vez enquanto também olho pra ele, mais ele nem se quer me dar um sorriso ou fala comigo, não sei por que tem que ser assim, não sei como fazer acontecer o que tanto quero =(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Luana, que bom que você quis deixar aqui um pouquinho da sua vida! Gosto muito de ouvir histórias dos outros...

      Eu sei bem o que você está passando, apesar de o meu caso ser um pouco diferente. É meio difícil pra mim tentar te dar um conselho sobre um assunto que eu mesma me perco, mas acho que o que você deve fazer é pensar se realmente vale a pena investir nele, se sim, tente se aproximar mais dele pra descobrir as respostas que você precisa. Lembre-se que a conquista pode ser uma das melhores partes de um romance!

      Beijo'
      Espero que te ajude!

      Excluir

Sua opinião será sempre bem vinda *--*