domingo, 17 de junho de 2012

Reticências...

Sempre coloquei muitas reticências na minha vida. Deve ser por preguiça. Ou medo. Preguiça de continuar escrevendo a minha história, ou medo de críticas.

Isso já me prejudicou. Em um momento, eu decidi colocar reticências na minha história e jogar a responsabilidade nas mãos do tempo. Droga. Deu tudo errado. Eu não deveria ter esperado pela boa vontade do tempo.

Depois de uma tempestade eu acordei pra vida. Tudo estava fora de controle. As reticências que eu havia colocado na última frase do diário haviam duplicado, triplicado, multiplicado. As antigas reticências agora mais pareciam uma linha pontilhada, e boa parte da minha vida havia passado sem deixar marcas. Ah, como eu queria voltar no tempo pra apagar as reticências, mas não pude.
A verdade é que muitas vezes colocamos reticências na nossa história pelo simples fato de achar que as coisas vão acontecer sozinhas, que o que tiver que ser será. Mas não é bem assim, a vida não joga as boas oportunidades no nosso colo, aliás, se tem uma coisa que já aprendi é que nada na vida vem de graça, precisamos correr atrás. Ou seja, apagar as reticências, colocar uma vírgula e continuar escrevendo, continuar vivendo.

Não coloque reticências na sua vida, isso será como tempo jogado fora. Simplesmente viva e continue escrevendo novos capítulos. Pois você sempre vai se arrepender de ter deixado uma página em branco.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião será sempre bem vinda *--*