sábado, 30 de junho de 2012

As etapas de um romance

Eu acho que nunca amei. Sabe aqueles romances de cinema onde as pessoas são capazes de dar a própria vida por amor? Sabe o que é isso? Eu não sei.

Posso estar enganada, mas eu classifico um romance em etapas: atração, gostar, apaixonar, amar. E acredito que não tem como pular etapas. Eu não acredito em amor a primeira vista: pra mim, o amor vem aos poucos, depois da paixão.

A atração é a coisa mais fácil que existe: você pode se sentir atraída pelo seu vizinho, pelo seu ídolo ou por alguém que você viu na rua e nem conhece. A atração dura pouco e, na maioria das vezes, acaba em nada.

O gostar é diferente. Gostar é querer bem a pessoa que se gosta, sonhar, querer estar sempre perto, se encantar com um simples sorriso, ficar com as bochechas rosadas perto da pessoa... Acho o gostar tão inocente! Sabe, é tão fofinho quando alguém gosta de outro alguém – principalmente se forem crianças!
O gostar dura mais e se durar muito vai acabar virando paixão.

A paixão vai bem mais além do gostar: envolve uma mistura de sentimentos e muita química. Quando se está apaixonado vai perdendo aquela inocência, sabe, você passa a desejar algo mais que um simples sorriso, você passa a querer a pessoa por inteiro, querer algo de verdade. Você passa a fazer planos com a pessoa e resolve partir para a conquista. Se a sua conquista for bem sucedida você pode estar chegando cada vez mais perto do amor!

O amor... E agora? O que dizer do amor? Eu tenho certeza que nunca amei, nunca passei da paixão. Na minha mente, o amor vem junto com a convivência do casal, com a aceitação de diferenças e com um bom relacionamento, quando os dois tiverem a certeza de que o seu amor é correspondido. Eu não acho possível que apenas com um olhar você passe a amar uma pessoa, isso tá mais pra gostar.
Talvez um dia eu saiba explicar melhor o amor...

E você, se lembrou de alguém ao ler esse texto? Se identificou com alguma etapa?
Beijinhoos *---*

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião será sempre bem vinda *--*