quarta-feira, 16 de maio de 2012

Não diga sim! - Parte 2

Depois de decidir que tentaria parar o casamento, Carol foi pensar em maneiras de fazer isso. Ela decidiu procurar por João. E pensou em uma forma de fazê-lo voltar ao passado, pra que ele desistisse do casamento. Carol preparou um presente e foi procurar por João na noite de quinta feira.

Ela bateu na porta, ele abriu.
-Posso entrar?
-Claro!
-Olha, João, eu vim aqui trazer o seu presente de casamento, espero que seja útil pra você – disse Carol, entregando uma caixa com um laço enorme.
João sentou e abriu à caixa, ele encontrou por lá todo o seu feliz passado – fotos lindas de viagens que ele tinha feito ao lado de Carol, a carta de declaração que ele escreveu pra ela, uma foto da formatura de faculdade dele onde eles já estavam juntos, e mais alguns objetos...
João olhou tudo aquilo, leu a carta, e ficou pensativo por um instante.
-Porque você me trouxe isso, justamente a menos de dois dias do meu casamento? – disse João.
-Eu queria que você lembrasse do nosso passado, queria que você me desse outra chance...
-Agora é tarde demais, o meu casamento é sábado e não há nada que você possa fazer.

Carol parou e refletiu, não era aquela a reação esperada. Ela estava decepcionada com ele, e com ela mesma, por tudo o que já tinham passado.
-Desculpa, eu acho que eu fui longe demais. Mas, eu só queria mostrar pra você que eu to arrependida, que eu ainda gosto muito de você...
-Pena que você descobriu isso agora, eu não posso fazer mais nada por você.
Carol pegou a foto da formatura e mostrou para João:
-Olha só, você lembra que eu estava com você nesse dia? Você lembra que eu te apoiei quando você ia desistir? Você lembra que sua mãe me tratava como uma filha? Eu estive com você por tanto tempo, e agora você vai jogar tudo pro alto?
-Eu lembro sim, eu passei grande parte da minha vida ao seu lado, mas eu acho que, quem jogou tudo fora foi você Carol.
-Eu sei. Se você quer saber, eu nem tenho dormido de noite. Eu fico só lembrando do dia que fui embora, por bobagem. Me arrependo por não ter ligado no dia do seu aniversário. Os dias seguintes foram tão ruins, tudo era tão frio. Mas hoje eu vim aqui pedir desculpas pra você por aquela noite, eu queria ter percebido o quanto você era importante pra mim, eu saí em busca da minha liberdade, mas eu descobri que não posso viver sem você, eu volto pra dezembro toda hora. Eu sinto tanta falta daqueles dias, eu juro que, se você me desse outra chance eu faria tudo certo e compensaria o tempo perdido. Eu queria voltar no tempo pra compensar tudo o que eu fiz, mas não posso... – Carol chorou ao dizer tudo isso. João percebeu que ela estava sendo sincera e abraçou Carol. Chorando e abraçando João, Carol pediu desculpas. Mas, justamente nessa hora Daniele chegou – era a noiva de João.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião será sempre bem vinda *--*